Elementos Essenciais do PBL n.4: Voz e Escolha do Aluno

Elementos Essenciais do PBL n.4: Voz e Escolha do Aluno

Buscando compreender melhor como o Aprendizado Baseado em Projetos (PBL) funciona, iremos nos aprofundar em mais um elemento essencial desta metodologia. Hoje iremos abordar o quarto elemento, a Voz e Escolha do Aluno.

1 - Problema ou questão desafiadora
2 - Espírito de Exploração
3 - Inovação e Originalidade
4 - Voz e Escolha do Aluno
5 - Reflexão
6 - Crítica e Revisão
7 - Apresentação do Projeto para o Público

4 - Voz e Escolha do Aluno

Poder opinar sobre um projeto cria um senso de propriedade nos alunos; eles se preocupam mais com o projeto e trabalham mais.

Quando não se proporciona ao aluno a chance de usar seu julgamento ao resolver um problema e responder a uma questão desafiadora, o projeto parece apenas um exercício ou um conjunto de instruções a serem seguidas.

Os alunos podem opinar e ter (algum) controle sobre muitos aspectos de um projeto, desde as perguntas que eles geram, aos recursos que usarão para encontrar respostas às suas perguntas. Isso também inclui as tarefas e funções que assumirão como membros da equipe e os trabalhos finais que eles irão desenvolver.

Os alunos mais avançados podem ir ainda mais longe e selecionar o tema e a natureza do projeto em si; eles podem escrever suas próprias questões desafiadoras e decidir como querem investigá-las. Isso os permite demonstrar o que aprenderam e tornar seu trabalho público - esta última sendo uma etapa importante da metodologia baseada em projetos.

É importante destacar ainda que dar "voz" ao aluno é um pouco diferente permitir "escolhas". Dar voz significa dar aos alunos a oportunidade de falar à sua maneira, de expressar suas próprias opiniões, em vez de falar da maneira que eles acreditam que deveriam. Permitir um certo nível de “voz e escolha do aluno” é importante para criar um senso de propriedade e responsabilidade sobre um projeto. 

O nível de voz e escolha pode variar, dependendo da série dos alunos e do nível de dificuldade do próprio projeto. Desta forma, os alunos aprendem/desenvolvem independência quando são solicitados a tomar decisões. Utilizar-se de um projeto aberto que possibilita diversas direções de pesquisa é um exemplo ideal de fornecer aos alunos a capacidade de exercitar a criatividade, em vez de focar nas restrições impostas pelo professor.


Artigos publicados originalmente nos sites: https://www.pblworks.org/blog/gold-standard-pbl-essential-project-design-elements
https://www.educationworld.com/a_tech/key-elements-project-based-learning.shtml
Traduzidos e adaptados parcialmente.